Aparador/estante divisória

 
Apenas o lado mais bonito
Aparador/estante divisória

É verdade que há sempre dois lados da mesma moeda. Mas nesta estante divisória um dos lados é mais bonito que o outro. Então – mãos à obra!

Forneça a sua própria avaliação
Forneça a sua própria avaliação
Forneça a sua própria avaliação
Forneça a sua própria avaliação
Forneça a sua própria avaliação
0 Avaliações
Muito obrigado pela sua avaliação Para usar esta função é necessário ativar os cookies.
0 Avaliações

Grau de dificuldade

Custos

Tempo necessário

O que é que é robusto como a madeira maciça e, mesmo assim, versátil? Correto: a nossa estante divisória! Pode montá-la de várias formas: como estante aberta dos dois lados, estante com painel traseiro ou aparador com painel traseiro e portas. Não importa o local – este móvel faz boa figura seja qual for a divisão.

A estrutura é essencialmente constituída pelas bases aparafusadas entre as placas laterais. O conjunto assenta sobre uma base aparafusada à face.

As seguintes instruções de montagem foram redigidas para placas de madeira de faia coladas, com uma espessura de 20 mm. Se utilizar outros materiais ou espessuras, adapte a lista de peças em conformidade.

Mande cortar as placas necessárias na loja de materiais de construção local ou num carpinteiro de limpos.

  • Easy
    Ferramentas Easy
    Quando deseja simplicidade.
  • Universal
    Ferramentas universais
    Máxima versatilidade.
  • Advanced
    Ferramentas Advanced
    Quando procura o melhor.

Ferramentas elétricas necessárias:

Auxiliares:

  • Conjunto de brocas para madeira
  • Brocas Forstner de 35 e 28 mm
  • Escareador
  • Folha de lixa, grão 120–240, esponja
  • Fita adesiva
  • Metro articulado, lápis macio, borracha, apara-lápis
  • Grampos
  • Cera para madeira, panos

Materiais necessários:

  • Placa de madeira colada, faia
  • Barrote de madeira de abeto-do-canadá
  • Suportes da base
  • Cantos
  • Dobradiças, placas de base, puxadores de móveis
  • Parafusos de cabeça escareada
  • Cera para madeira

Mostrar lista de materiais detalhada

Item

Unid.

Designação

Comprimento

Largura

Espessura

Material

0

1

Bloco – Placas exteriores

720 mm

300 mm

20 mm

Madeira de faia colada

1

2

Bloco – Placas intermédias inferiores

460 mm

300 mm

20 mm

Madeira de faia colada

2

2

Bloco – parte de cima do lado de baixo

200 mm

300 mm

20 mm

Madeira de faia colada

3

3

Bloco – Bases compridas

1.390 mm

300 mm

20 mm

Madeira de faia colada

4

3

Bloco – Bases das prateleiras

450 mm

280 mm

20 mm

Madeira de faia colada

5

1

Bloco – Placa de cobertura

1.440 mm

350 mm

20 mm

Madeira de faia colada

6

12

Bloco – Suportes da base

5 mm

7

4

Bloco – Cantos

8

Aprox. 36

Bloco – Parafusos de cabeça escareada, 4 x 50 mm

9

Aprox. 36

Bloco – Parafusos de cabeça escareada, 3 x 17 mm

10

Aprox. 12

Bloco – Parafusos de cabeça escareada, 4 x 35 mm

11

1

Painel traseiro

1.430 mm

720 mm

20 mm

Madeira de faia colada

12

4

Painel traseiro – Cantos

13

aprox. 32

Painel traseiro – Parafusos de cabeça escareada, 3 x 17 mm

14

2

Portas

490 mm

464 mm

20 mm

Madeira de faia colada

15

4

Portas – Dobradiças de mola para batente intermédio

7 mm

16

4

Portas – placas de base

17

2

Portas – Puxadores de móveis

52 mm

18

Aprox. 16

Portas – Parafusos de cabeça escareada, 5 x 16 mm

19

2

Base – Painéis compridos

1.420 mm

100 mm

20 mm

Madeira de faia colada

20

3

Base – Painéis curtos

250 mm

100 mm

20 mm

Madeira de faia colada

21

3

Base – Barras de união

150 mm

27 mm

27 mm

Madeira de faia colada

22

6

Base – Barras perfuradas horizontais

100 mm

45 mm

45 mm

Barrote de madeira de abeto-do-canadá

23

aprox. 24

Base – Parafusos de cabeça escareada, 4 x 60 mm

24

Aprox. 12

Base – Parafusos de cabeça escareada, 4 x 40 mm

1

Abrir linhas de furos nas placas laterais

1 - Abrir linhas de furos nas placas laterais
Abrir linhas de furos nas placas laterais

Abra duas linhas de furos com um diâmetro de 5 mm na superfície interna da placa exterior esquerda, em todas as superfícies das placas intermédias inferiores e na superfície interna da placa exterior direita.

Para tal, utilize um lápis para desenhar um linha a uma distância de 37 mm do rebordo dianteiro e do traseiro, sobre a qual se encontram os pontos centrais de perfuração. Faça uma marcação a cada 32 mm (distância entre cada um dos pontos centrais). O primeiro furo deve ser aberto a aprox. 70 mm da borda inferior.

Coloque a ponta centradora da broca para madeira na intersecção das cruzes de marcação. Não perfure totalmente a madeira; cada furo deve ter uma profundidade de 10 mm. Para tal, utilize um batente de profundidade – anel de encosto com pino roscado para fixar diretamente à broca. Com a sua ajuda, é possível ajustar a profundidade de perfuração.

Dica: linhas de furos separadas por 32 mm

Se construir móveis com frequência, talvez seja útil adquirir uma matriz de perfuração de 32 mm (o nome deriva da distância normalizada entre orifícios). A matriz de perfuração é fixada à peça. Agora, só é necessário abrir furos através das guarnição de metal. Desta forma, é possível abrir furos verticais separados por distâncias exatas.

2

Unir as peças das prateleiras superiores

2 - Unir as peças das prateleiras superiores
Unir as peças das prateleiras superiores Unir as peças das prateleiras superiores

Junte as placas exteriores e as placas intermédias superiores e inferiores com o rebordo visível virado para baixo, do modo como devem estar ordenadas mais tarde durante a montagem. Com um lápis, assinale as arestas traseiras. Deste modo, saberá sempre, durante os restantes trabalhos, onde deve ser colocada cada uma das peças. Os carpinteiros de limpos costumam usar um triângulo.

Assinale as bases do mesmo modo.

A seguir, coloque as duas bases superiores contínuas e as duas placas intermédias superiores sobre os respetivos rebordos traseiros, do modo como pretende aparafusá-las. As distâncias exatas podem ser encontradas no nosso desenho. Fixe cuidadosamente as placas nesta ordem com grampos, para que nenhuma delas escorregue. Utilize blocos resultantes de restos de madeira para evitar que surjam marcas de pressão feias nas peças.

Agora, pode assinalar a posição das placas intermédias nas bases com um lápis. No meio de cada um dos contornos das placas intermédias desenhados nas bases, abra 2 furos de 4 mm de modo a que os furos exteriores fiquem a uma distância mínima de 30 mm dos rebordos exteriores. Rebaixe os lados exteriores dos furos das bases. (Durante este processo, abra os furos prévios para aparafusar a placa de cobertura, seguindo o mesmo procedimento, e rebaixe-os a partir de baixo.)

Fixe as placas intermédias e as bases com uma aparafusadora sem fio e parafusos de cabeça escareada 4 x 50 mm.

Dica para aparafusar duas partes de madeira

Na peça a aparafusar primeiro, abra sempre um furo prévio com um diâmetro 0,5 a 1 mm superior ao diâmetro do parafuso; o furo deve ser rebaixado, para receber a cabeça do parafuso. Abra um furo prévio com um diâmetro 1 mm inferior ao diâmetro do parafuso na peça a aparafusar em segundo lugar.

3

Unir a parte superior do bloco e as placas exteriores

3 - Unir a parte superior do bloco e as placas exteriores
Unir a parte superior do bloco e as placas exteriores

Coloque a parte superior já montada sobre os respetivos rebordos traseiros. Alinhe as placas exteriores e as bases inferiores compridas em cima da parte superior de modo a que o bloco fique à sua frente tal como deve ser montado. Copie os contornos das bases com um lápis para as superfícies internas das placas exteriores.

Abra dois furos de 4 mm no centro das marcações. Rebaixe os furos a partir de fora; trabalhe com extremo cuidado, visto que estas uniões aparafusadas ficam visíveis a partir de fora.

Fixe agora as peças do bloco com uma aparafusadora sem fio e parafusos de cabeça escareada 4 x 50 mm. Tenha em mente as indicações que damos na dica para aparafusar duas partes de madeira no passo de trabalho anterior.

4

Montar as partes interiores do bloco

4 - Montar as partes interiores do bloco
Montar as partes interiores do bloco Montar as partes interiores do bloco

Tal como descrito nos passos de trabalho anteriores, assinale primeiro a posição das placas intermédias nas bases com um lápis. Abra 2 furos de 4 mm por cada placa intermédia, a meio dos contornos. Porém, desta vez só na base inferior. Rebaixe-os a partir de baixo. Também aqui, o bloco encontra-se apoiado sobre os respetivos rebordos traseiros.

Enquanto que as placas intermédias podem ser aparafusadas, como sempre, à base inferior a partir de baixo, use cantos para a união superior. Fixe um canto em cima, de modo a que um dos lados fique à face, à frente, de uma das placas e o outro lado à face, atrás, da outra placa.

Agora, encaixe as placas intermédias preparadas para serem aparafusadas entre as bases. Fixe-as com uma aparafusadora sem fio e parafusos de cabeça escareada 4 x 50 mm através da base inferior (tenha em mente as indicações dadas na dica para aparafusar duas partes de madeira no passo de trabalho 2!) e com parafusos 3 x 17 mm através dos cantos.

5

Unir as peças da base e montar a base

5 - Unir as peças da base e montar a base
Unir as peças da base e montar a base Unir as peças da base e montar a base Unir as peças da base e montar a base

Disponha painéis compridos e os curtos da base, tal como pretende montá-los, sobre a superfície. Com um lápis, marque os rebordos. Deste modo, saberá sempre, durante os restantes trabalhos, onde deve ser colocada cada uma das peças. Os carpinteiros de limpos costumam usar um triângulo.

Agora, abra furos prévios nos cinco painéis da base e nas barras perfuradas. Os painéis são aparafusados em cruz uns aos outros através das barras perfuradas verticais existentes nos cantos. Por isso, abra furos deslocados uns em relação aos outros nestas últimas. Fixe as peças da base, tal como descrito no desenho, com uma aparafusadora sem fio e parafusos 4 x 60 mm.

A seguir, abra furos prévios nas barras de união, através das quais o bloco é aparafusado à base. Fixe as barras de união com uma aparafusadora sem fio e parafusos 4 x 60 mm na horizontal e à face dos rebordos superiores dos painéis curtos da base.

Vire o bloco de pernas para o ar e alinhe a base de acordo com o lado de baixo daquele. Agora, fixe a base debaixo do bloco através das barras de união com uma aparafusadora sem fio e parafusos 4 x 40 mm.

6

Montar a placa de cobertura com o bloco

No passo de trabalho 2, abriu furos prévios na base superior para aparafusar a placa de cobertura. Agora, já a podemos montar. Para abrir os furos, a partir de baixo, através do compartimento com uma altura de apenas 200 mm, pode utilizar a aparafusadora sem fio IXO da Bosch, cuja conceção compacta é indicada para este tipo de trabalhos.

Alinhe a placa de cobertura em relação ao bloco: à esquerda e à direita tem de existir uma saliência de 5 mm, para a frente e para trás, de 20 mm. Esta saliência maior adequa-se ao painel traseiro e às portas, que poderá montar se assim o pretender.

7

Trabalhar e montar o painel traseiro

7 - Trabalhar e montar o painel traseiro
Trabalhar e montar o painel traseiro

O painel traseiro pode ser montado no aparador mediante uniões invisíveis à base de cola e buchas, mas que são de difícil colocação. No entanto, existe outra opção muito mais fácil: os cantos e os parafusos. Nós optámos pela variante mais fácil.

Com uma aparafusadora sem fio e parafusos 3 x 17 mm, fixe dois cantos às superfícies internas das placas exteriores do bloco, de modo a ficarem à face da aresta traseira, ou, tal como demonstrado na figura, às superfícies internas das bases do bloco, de modo a ficarem à face tanto à esquerda como à direita.

Coloque o bloco de lado. Alinhe o painel traseiro, em cima do bloco, em relação ao respetivo rebordo lateral, tal como deve ser montado. Fixe-o aí com grampos e monte-o a partir de dentro, mediante os cantos, com uma aparafusadora sem fio e parafusos 3 x 17 mm.

8

Montar as dobradiças de mola nas portas e fixar as portas

8 - Montar as dobradiças de mola nas portas e fixar as portas
Montar as dobradiças de mola nas portas e fixar as portas Montar as dobradiças de mola nas portas e fixar as portas

Coloque as portas sobre a superfície de trabalho tal como mais tarde devem ficar posicionadas. Identifique-as de modo a que, durante os trabalhos, saiba sempre qual deve ficar à esquerda e qual deve ficar à direita, onde é a parte de cima e a de baixo.

Nas partes de trás das portas, marque as linhas axiais das posições das dobradiças de mola com um lápis. As linhas axiais têm de estar exatamente a meio de dois furos da linha de furos. Para tal, coloque o bloco sobre a placa exterior e posicione a porta adequada como se estivesse aberta num ângulo de 90°. Agora, pode copiar as linhas axiais para a porta de forma fácil. As linhas axiais para a segunda porta são copiadas a partir da primeira porta mediante uma régua ou um esquadro de carpinteiro. Para as nossas portas também são necessárias dobradiças de mola para o batente intermédio.

A distância dos furos para as dobradiças de mola em relação à borda é de 35 + 5 mm, ou seja 40 mm. Assinale quatro pontos centrais de perfuração nas linhas desenhadas com o lápis ou nas linhas axiais. Abra os furos para as dobradiças com a broca Forstner de 35 mm (broca para madeira com um diâmetro superior a 12 mm).

Ajuste o batente de profundidade da broca em conformidade e aponte a ponta centradora da broca Forstner exatamente para o centro do ponto central de perfuração assinalado.

Nota relativa à sequência de trabalhos

Para que o tratamento da superfície fique perfeito, é aconselhável montar as dobradiças de mola só depois de o ter executado. No entanto, descrevemos metade do processo neste passo de trabalho. Pressione as dobradiças de mola para dentro dos furos e monte-as com uma aparafusadora sem fio e os parafusos fornecidos. As contra-peças das dobradiças montadas nas portas são as placas de base do bloco. Estas são montadas a seguir. Para tal, pressione as dobradiças para dentro dos dois furos da linhas de furos, nos quais se baseou para desenhar as linhas axiais. Para fixar as portas mais facilmente, coloque o bloco sobre a placa exterior. Posicione a porta correspondente como se estivesse aberta num ângulo de 90°. Agora, alinhe a porta com a ajuda de dois calços distanciadores de 5 mm colocados paralelamente à placa lateral. Encaixe os braços das dobradiças nas placas de base e fixe-os bem. Por último, abra os furos nas portas para os puxadores de móvel. Fixe-os com os parafusos fornecidos.

9

Lixar as superfícies de madeira

9 - Lixar as superfícies de madeira
Lixar as superfícies de madeira

Para que seja possível trabalhar a superfície da melhor forma possível, deverá prepará-la antes da montagem do móvel.

Primeiro, elimine todas as arestas com uma folha de lixa de grão 120 ou 180, num ângulo de 45°, de modo a criar um pequeno chanfro. Lixe as superfícies visíveis com a lixadeira, sempre no sentido dos veios da madeira, primeiro com a folha de lixa mais grossa (120, 180) e, a seguir, com a mais fina (até 240).

A seguir, humedeça as superfícies com uma esponja para as limpar. Durante a secagem, as fibras da madeira individuais soltas levantam-se; concluído este processo, elimine-as cuidadosamente com uma folha de lixa de grão 180. Depois de removidas, a madeira encontra-se pronta para o tratamento da superfície. Dica: verifique sempre se a folha de lixa não está demasiado gasta. Isso poderia fazer com que as fibras da madeira fossem apenas pressionadas para baixo e não cortadas.

10

Encerar as superfícies

10 - Encerar as superfícies
Encerar as superfícies

Antes de iniciar os trabalhos, leia atentamente os conselhos de processamento e de segurança do fabricante da cera. Trabalhe num espaço com boa ventilação, evitando fumar, comer e beber nesse mesmo espaço.

Aplique a cera para madeira em abundância com um Sistema de atomização e remova a cera em excesso com um pano. Respeite os tempos de secagem indicados pelo fabricante da cera.

Se pretender aplicar uma segunda demão de cera, torna-se necessário efetuar um polimento com uma folha de lixa de grão 240. Desta vez, lixe também no sentido dos veios da madeira. A seguir, volte a aplicar verniz transparente tal como descrito no parágrafo anterior. Depois de a cera ter secado, pula a superfície com uma escova macia até esta começar a brilhar.

Advertência de segurança

Depois de ter aplicado a cera, estique o pano utilizado e deixe-o secar num espaço com boa ventilação. Se ficar dobrado durante a secagem, pode aquecer até se autoinflamar!

11

Pronto!

11 - Pronto!
Pronto!



Notas legais

A Bosch não assume qualquer responsabilidade pela completude e correção das instruções utilizadas. A Bosch também avisa que estas instruções são utilizadas por sua própria conta e risco. Tome todas as medidas de segurança necessárias.


 

Assistência

Para questões sobre os nossos produtos e aplicações

:808 202 498

Segunda - Sexta: 08 - 14.00 horas


Pesquisa de agentes

 
 
 
PT
Lembrar
Adicionado aos favoritos
Comprar agora
Repor filtro
Exibir filtro
Ocultar filtro
Muito obrigado pela sua avaliação
Muito obrigado pela sua avaliação
Exibir outros projetos
Ocultar outros projetos
Ocultar variantes dos artigos
Mostrar variantes dos artigos
Fechar dica de utilização
Abrir dica de utilização
Ler o relato de experiência
Fechar relato de experiência
Ocultar lista de materiais detalhada
Mostrar lista de materiais detalhada
Lista de comparação
Produtos
Produto
Exibir outras recomendações
Ocultar outras recomendações