Glossário

 

Entradas 1 - 13 de 13

S
  • SDS
    • SDS
      SDS

      Nas ferramentas elétricas Bosch, SDS designa todos os sistemas de aperto que permitem substituir acessórios sem utilizar chave. SDS é a sigla de «Special Direct System», que em português significa sistema direto especial.

  • Serra circular
    • Serra circular
      Serra circular

      A serra circular é especialmente indicada para cortes precisos em meia-esquadria e longitudinais, graças à denominada calha de guia (guia, que conduz a serra de modo a obter um corte retilíneo). Os cortes no comprimento certo de madeira esquadriadas e de tábuas também não representam qualquer problema com a serra circular.

  • Serra circular
    • Serra circular
      Serra circular Serra circular

      A serra circular é uma ferramenta elétrica utilizada no campo do processamento de madeiras. Dependendo do campo de aplicação, distingue-se entre serras circulares estacionárias (serras de mesa, serras de esquadria, serras de cortes transversais e de meia-esquadria) e serras circulares. As serras circulares são especialmente adequadas para cortes longitudinais e em meia-esquadria precisos.

  • Serra craneana
    • Serra craneana
      Serra craneana

      Acessório redondo provido de dentes de corte que pode ser utilizado num berbequim para abrir recortes redondos de grandes dimensões em madeira, materiais de construção em madeira, pladur ou também em todos os tipos de metal.

  • Serra de corrente
    • Serra de corrente
      Serra de corrente Serra de corrente

      Ferramenta manual especialmente adequada para cortar madeira. A serra de corrente funciona com uma corrente de serra contínua, é acionada por um motor a gasolina ou elétrico e é especialmente indicada para vigas e troncos grossos. A utilização de equipamento de segurança (calças anticorte, óculos de proteção) é obrigatória durante a execução de trabalhos com a serra de corrente.

  • Serra sabre
    • Serra sabre
      Serra sabre Serra sabre Serra sabre

      A serra sabre é uma ferramenta elétrica para cortar madeira, metais e plásticos. A serra sabre assemelha-se muito a um serrote elétrico «rabo de raposa»; a diferença mais significativa é o formato dos dois tipos de serra. Esta serra também pode ser equipada com outros acessórios como grosas, limas ou escovas, o que a torna numa ferramenta muito versátil para bricolage.

  • Serra vertical
    • Serra vertical
      Serra vertical Serra vertical Serra vertical

      A serra vertical é uma ferramenta elétrica principalmente utilizada para cortar placas, tábuas ou vigas de madeira. A serra vertical também consegue cortar perfis de alumínio. No caso da serra vertical, a lâmina de serra efetua movimentos de elevação retilíneos ou pendulares. Graças à sua lâmina, a serra vertical adequa-se principalmente a cortes com muitas curvas.

  • Serrote elétrico "rabo de raposa"
    • Serrote elétrico "rabo de raposa"
      Serrote elétrico

      Na Alemanha (país de origem da Bosch), «rabo de raposa» significa, em linguagem popular, uma serra manual grande, especialmente indicada para cortar rapidamente madeira, plástico e metal. Há já bastante tempo que também existem serrotes elétricos "rabo de raposa".

  • Sistema Auto-Lock
    • Sistema Auto-Lock
      Sistema Auto-Lock

      Sistema de aperto para uma substituição rápida e fácil de acessórios em berbequins com percussão sem necessidade de utilizar ferramentas adicionais. Quando parado, o veio da broca é bloqueado automaticamente; através da rotação da bucha, é possível trocar manualmente o acessório sem esforço.

  • Sistema de retenção
    • Dispositivo mecânico para fixar partes móveis. É utilizado com frequência para proteger partes de aparelhos ou máquinas contra danos causados durante o transporte. Para bloquear utilizam-se sobretudo entalhes, pinos de segurança, parafusos ou dispositivos de tensão e aperto.

  • Sistema pneumático
    • No sistema pneumático são efetuados movimentos acionados pela pressão do ar.

  • Sistemas de linguetas e ranhuras
    • Sistemas de linguetas e ranhuras
      Sistemas de linguetas e ranhuras

      Uniões utilizadas em construções de madeira. Os sistemas de linguetas e ranhuras permitem unir, de modo rápido e simples, partes de madeira, como sucede p. ex., quando se assenta parquete. A união funciona do seguinte modo: uma das peças a unir tem uma fenda (a ranhura), a contra-peça da ranhura adapta-se a esta na perfeição e assemelha-se a um pino (a lingueta). As duas peças são encaixadas uma na outra e, na maior parte das vezes, coladas – a união de ranhura e lingueta está completa.

  • Sobrecarga
    • As sobrecargas das ferramentas elétricas ocorrem frequentemente devido à aplicação de uma força de pressão excessiva sobre a ferramenta; outra causa recorrente é a utilização de acessórios desadequados, rombos ou mal afiados. Assim que ocorre uma sobrecarga, a proteção do motor (se existente) desliga a máquina automaticamente.


Entradas 1 - 13 de 13

 

Assistência

Para questões sobre os nossos produtos e aplicações

:808 202 498

Segunda - Sexta: 08 - 14.00 horas


Pesquisa de agentes

 
 
 
PT
Lembrar
Adicionado aos favoritos
Comprar agora
Repor filtro
Exibir filtro
Ocultar filtro
Muito obrigado pela sua avaliação
Muito obrigado pela sua avaliação
Exibir outros projetos
Ocultar outros projetos
Ocultar variantes dos artigos
Mostrar variantes dos artigos
Fechar dica de utilização
Abrir dica de utilização
Ler o relato de experiência
Fechar relato de experiência
Ocultar lista de materiais detalhada
Mostrar lista de materiais detalhada
Lista de comparação
Produtos
Produto
Exibir outras recomendações
Ocultar outras recomendações